Deus é Justo! Como viver diante dessa verdade?

Deus é Justo! Como viver diante dessa verdade?

Como um Deus Justo pode perdoar livremente pecadores?

Deus é Justo. Esta afirmação bíblica, enquanto atributo de Deus, nos revela que Sua justiça é algo inerente, pertencente a Sua natureza, e diferentemente de nós, Deus não precisa se esforçar para ser justo, ou para agir de forma justa em determinadas situações. Seus julgamentos emanam de um caráter justo, sendo seus caminhos plenamente retos e sem sombra de qualquer variação que O possa conduzir a injustiça!

Veja os textos abaixo:

Isaías 5:16

(16) Mas o Senhor dos Exércitos é exaltado em juízo, e Deus, o Santo, é santificado em Justiça

SANTO significa separado, ou seja, uma das coisas que torna o Criador distinto, separado de suas criaturas é: Deus é justo! e por isso… santificado em justiça

Mas isso revela um grande problema para nós, visto que somos pecadores, e seremos julgados por um Deus santificado em justiça, e que não pode agir de forma contrária ao seu caráter em seus julgamentos!

Como um Justo Juiz pode perdoar livremente pecadores como eu, e permanecer justo?

Esse questionamento ecoava em minha mente e coração, até ser transpassado pela palavra de Deus, por meio do texto abaixo:

Romanos 3: 23 a 25

(23) pois todos pecaram e carecem da glória de Deus (24) sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus, (25) a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça…, para ele mesmo ser justo e o justificador daquele que tem fé em Jesus.

Todos condenados diante de um Deus Justo, mas pela graça de Deus, recebemos a oferta de justificação por meio dos méritos de Cristo. 

Foi proposta por Ele ao oferecer Cristo como propiciação (substituto da humanidade), para que pela fé no sacrifício expiatório de Cristo, pudéssemos ser perdoados e a justiça de que demandava nossa condenação, saciada, permanecendo assim Ele, o JUSTO JUIZ, e o justificador daqueles que tem fé em Cristo!

Como viver diante dessa maravilhosa verdade revelada?

Eu fui completamente constrangido pela graça de Deus, e inspirado a compor a música: Constrangido por Tua graça, para sempre me lembrar que, Jesus morreu em meu lugar, para que Deus pudesse livremente perdoar e salvar,  um pecador como eu!

Concluindo…

Realmente espero que você seja absorvido por essa verdade, e que essa palavra posso lhe constranger em adoração e gratidão através dessa música, pela graça de Deus manifestada a nosso favor!

Quanto a pergunta na letra da música que diz: Como pode um Deus, tão grande Deus, se lembrar de um ser, tão pequeno como eu? Sigo sem saber a reposta, e prefiro simplificar crendo que fui alvo do seu grandioso amor!

Deus abençoe sua vida,

[email protected]/constrangidoportuagraça

Deixe uma resposta